Terça, 04 de Agosto de 2020 06:18
41996106641
Saúde FRANCISCO BELTRÃO

Paciente com Covid-19 diz que teve sintomas negligenciados na UPA

Secretário diz que não há testes para todo mundo e é o médico que faz o atendimento que avalia necessidade do exame.

21/07/2020 13h40
Por: Sul Em Foco Fonte: Jornal De Beltrão
Paciente com Covid-19 diz que teve sintomas negligenciados na UPA

Um paciente de 28 anos que testou positivo para Covid-19 procurou a reportagem do Jornal de Beltrão para reclamar do atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Francisco Beltrão. Ele contou que esteve no estabelecimento no sábado, 18, com febre e tosse, que pediu exame para Covid-19, mas foi orientado a voltar para casa e que seus sintomas seriam de uma rinite ou resfriado. Ele então foi a um laboratório particular e fez o teste por conta que deu positivo. “Só queria dizer que a UPA não está dando muita atenção pra quem está indo se consultar lá com os sintomas. Estive lá no sábado pela manhã e depois voltei lá pela noite. A enfermeira ou médica, não sei, disse que talvez era rinite ou uma gripe e passaria ‘era pra eu ir pra casa e esperar’. Fui fazer um teste particular e deu positivo pra Covid-19. Eles não estão dando atenção alguma pros jovens que estão indo lá, dando um xarope, um paracetamol e mandando esperar”, comentou. O rapaz disse que o sogro já estava com a doença e o cunhado testou positivo ontem. “Estou isolado num quarto. No sábado fiquei só em casa não saí pra nenhum lugar, porque não era normal o que eu estava sentindo.”

É o médico que define quem testar
A reportagem do JdeB entrou em contato com o secretário de Saúde, Manoel Brezolim, segundo o qual os testes que o município utiliza são fornecidos pela Secretaria Estadual de Saúde que é quem define os critérios para coletar. “O município repassa estas informações aos profissionais que atendem nas unidades de Saúde e UPA. Constantemente estamos revisando os treinamentos e orientações e a decisão de coletar fica a cargo do médico que atender. Como é de conhecimento de todos, a quantidade de testes disponibilizados não atende a necessidade até o momento.” Manoel informa que, como o paciente testou positivo, a Secretaria de Saúde vai entrar em contato e orientar. “Se ele tem sintomas, a orientação vai ser retornar, com os cuidados, para avaliação médica, sobre a necessidade de tratamento.”

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.